Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Curtos excursos

Textos curtos e excursivos, por vezes ficções.

Curtos excursos

Textos curtos e excursivos, por vezes ficções.

Ninfomaníaca

A rapariga a chorar na cama pela noite dentro é um animal doente. Tem no corpo contraído a memória de um mastodonte amputado, organismo ferido numa queda de grande altura. A dor é a espera da infelicidade não concretizada, os soluços a morbidez da carne magoada pela memória de um tombo pensado acontecido. O choro fluido não purifica o animal moribundo, que devia, pensa, ser abatido. De noite, o céu precipita-se sobre a cama onde o corpo jaz, posto numa curva sobre si, enlaçando os braços os joelhos apertados. Não há fim, não há princípio, há a hora. A língua lambe os lábios e as lágrimas do organismo deitado de noite a perecer. De lonjuras imaginadas siderais, uma voz balbucia a imperativa explicação: “Fill all my holes.”

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Fevereiro 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
2829

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D