Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Curtos excursos

Textos curtos e excursivos, por vezes ficções.

Curtos excursos

Textos curtos e excursivos, por vezes ficções.

Histórias tantas

Na pior das hipóteses, o modo como inventamos as vidas é superficial, com os perigos associados da crueldade e da arrogância de maus contadores de histórias. Somos todos romancistas, por isso gostamos de ler romances; edificamo-los nós próprios servindo-nos de quem temos em redor. Na superficialidade das piores histórias, todos são desconhecidos, nós o maior de todos, aquele de quem fugimos como se disso dependesse a sobrevivência. Nada disto é novo, o que não implica que não valha a pena dizer-se. Pertencemos a uma espécie de animais fregueses de loja vilã onde se afiam línguas. Recolhemos indícios, testemunhos, palavras lembradas, imaginadas: criamos vidas e sistemas de relações, ávidos de histórias com sentido. Entram-nos pelos olhos e pelos ouvidos vislumbres e murmúrios de factos romanescos – casamentos, funerais, ajuntamentos, procriações, fornicações de vários géneros, enfermidades, zangas, perdões, todo o tipo de ofensas – e com eles fazemos histórias que nos deixam apaziguados e nutridos. A alternativa a isso seria deixar de ser humano; mas há formas de escapar à superficialidade sem perder as histórias e a humanidade, que são inescapáveis. Quem conhecemos bem, quantas histórias podemos contar que façam justiça à vida e à verdade de quem se nomeia (ficcional ou o seu contrário)? A nossa vida não é uma história, é uma vida; mas se é de histórias que se fala, seria bom sermos mais exigentes com o que vamos lendo, com o que reproduzimos. Nisto, também a superficialidade pode ter virtudes desde que exista uma preocupação com a verdade: admita-se, por exemplo, que ainda não se aprendeu a dominar as regras da perspectiva ou, em suma, que é outro o nosso campeonato. Se nem tudo o que parece é, com que se parece aquilo que não é? Admita-se enfim que até quem se topa à distância, como orgulhosamente se diz, carece de ser olhado mais de perto.      

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Abril 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D